quinta-feira, 18 de julho de 2019

Pleasures....Come-me o Cú todo!

Anda, toca-lhe!
Sente-lhe a vontade, diz-lhe que estás aqui e que queres entrar.
Prova-o, sente-lhe o sabor, certifica-te o quanto me deixas excitada quando percebo que te diriges a ele...por todo o lado transbordo tesão.
Vem.... lambuza-o prepara-o para te receber.
Espreita e sente-o a palpitar...atesta-lhe a entrada...sente como te quer...todo lá dentro.

Ele sabe que o quero todo lá dentro!
É ele que me lambe,
 mas sou eu que o chupo como uma boca gulosa.....das que querem sempre mais.


É pouco o que lhe dás.  Quer TUDO,  quer que o enchas todo....é um grito surdo que ecoa sem cessar.
Encosta-te a ele e prepara-te. Vais dar-lhe o que ele quer!

Estou pronta....vem. Entra devagar.

Não escondo a minha vontade. Posiciono-me, abro-me toda e forço a sua entrada.
É inexplicável o que sinto enquanto o meu corpo se molda à sua forma.
Absorta por um misto de prazer e dor que me invadem o corpo...escorro de prazer enquanto sinto o seu corpo a conquistar lentamente o espaço que lhe pertence dentro de mim.


Sente como me abro para ti, como me moldo ao teu tamanho...
Anda devagar...mete mais um pouco, mete!
Ohh!!! Gosto tanto de te sentir a entrar em mim!

Agarro com força a réstia de racionalidade que me resta e controlo o ritmo da sua entrada.
No meu corpo trava-se uma luta entre a dor de o sentir a entrar e o prazer de o receber.
Não é uma dor normal...é uma dor que puxa, que dá tusa, que pede mais, e mais...
Relaxo, desfruto e recebo-o de corpo e mente totalmente escancarada.


Não tenhas pressa, entra, mas entra devagar.
Sentes como o meu cú se abre todo para ti? Sentes como te quer engolir todo?!?
Mete esse pau duro dentro de mim!
Vem...entra mais fundo, enterra-te aqui!

A cada investida ganha mais um pouco de terreno dentro de mim e desvanece-se a dor,
Perde-se a intensidade mas o prazer é cada vez maior!
A parte mais intensa de uma relação anal é a inicial, 
a entrada, o desbravar terreno dentro do meu corpo.
Por isso...não tenho pressa, aproveito tudo, prolongo o mais que posso.
Até que me rendo e me entrego toda.


Ohhh! Já está! Já entraste! Estás todo cá dentro!
Sente como te engulo todo.
O teu pau é feito para mim! Quero-te todo...todo para mim!
Anda, fode-me toda!
Gosto tanto de ter o teu pau todo enterrado em mim!
Anda, fode-me com força!
Come-me! Come-me o cú todo!


Depois da batalha da entrada 
posso esquecer por completo a racionalidade e entregar-me totalmente ao prazer. 
Depois do corpo se moldar à forma que o penetra,
 não importa muito até onde chega, o quão fundo vai. 
Importa, isso sim, a cadência e a força.
Gosto com força, à bruta! A desafiar os limites do corpo.



Tira tudo e enterra-te com força!
Deixa-me sentir-te a entrar todo dentro de mim!
Mais fundo, mais forte!
Rebenta-me o cú todo como tu sabes!
Vou-me tocar, encher a cona toda com os dedos enquanto tu me comes o cú!
Tu fodes-me, mas eu também me fodo!
Gosto assim, toda cheia!
Não pares! Fode-me! Fode-me mais!
Ohhh vou-me vir! Vou-me vir do cú!
Vou-me vir toda!


Quando o sexo anal é bom (tal como deve ser) 
sinto uma vontade incontrolável de encher a vagina com alguma coisa. 
O tesão da penetração anal provoca uma lubrificação enorme na vagina e
 literalmente escorro desejo.
Por isso não me coíbo, meto lá qualquer coisa que esteja à mão.
Faço-o sempre quando me sinto quase a atingir o clímax, 
nem que seja apenas com os dedos, até porque intensifica a sensação do orgasmo.  
Um orgasmo anal é o mais forte e pujante que se pode sentir.
É a sensação mais intensa que uma mulher pode obter do seu corpo e (na minha opinião) a melhor!


Come-me o Cú todo! que eu adoro!

And you, do you like anal sex?


quarta-feira, 11 de julho de 2018

Pleasures.......EsGuincho

Conheces de cor todos os recantos das minhas entranhas,
Tantas vezes as percorreste que poderias, de olhos fechados, desenhar o mapa das profundezas do meu corpo.
E usas esse saber!


Entras sem pedir licença,
 os teus dedos ligeiramente curvados em direcção ao meu ventre 
encontram de imediato as glândulas de Skene que friccionas sem piedade.

A sensação que me provocas é tão intensa que o meu corpo reage com repulsa, 
as pernas querem fechar-se, o corpo contorce-se num misto de prazer e dor
e serpenteia-se em movimentos descontrolados.
Debato-me entre o instinto de me contrair e expulsar-te de dentro de mim 
e o prazer de tornar a minha vontade mais forte que o corpo.
Por todo o corpo se acendem avisos amarelos de perigo a piscar "Risco de Explosão"
( e que explosão...)
Todos os indícios fazem crer que o meu corpo não vai aguentar tamanha intensidade, 
mas eu sei que vai! 

Obrigo os músculos contraídos a relaxar e abro as pernas todas para ti.
Respiro e domino os impulsos dos corpo, sei que vai chegar em breve...
o esGuincho que te encharca as mãos e me lava o corpo e a alma.

Guincho de satisfação, Esguincho de prazer.
Venho-me TODA!

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Pleasures......Presente

Seguíamos distantes, 
perdidos em lutas vazias entre descrença e insegurança
De repente, 
ao longe e sem me tocar, 
com um simples presente, 
fizeste-me vibrar 
e o ausente tornou-se tão presente!

Estás aqui, sinto-te em mim...
Estou toda cheia de ti!

Obrigada

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Feelings......Atada

Atas-me os actos.
Prendes-me o corpo,
Amarras-me as mãos,
Estrangulas-me os gemidos de prazer, 
Amordaças-me os orgasmos,
Mas não diminuis os desejos que me inundam o corpo.



Adio os projectos mas não os abandono.
Sigo determinada, guiada por aquilo que me vai na alma e sempre escutando os  avisos e desejos do corpo.

E sorrio! Porque o Prazer não está só no fim da jornada, mas sim em cada curva do caminho que percorremos para encontrá-la.


Sou dona das minhas vontades.
Nunca nada me privará da Liberdade!

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Talking About.......SexLab

Descobri recentemente e com grande satisfação o - SexLab
Apresentam-se como: "primeiro Laboratório de Investigação em Sexualidade Humana em Portugal, exclusivamente dedicada à investigação experimental e psicofisiológica de diferentes aspetos da sexualidade humana"
E desenvolvem:
"Os estudos de natureza experimental e psicofisiológica em Sexologia são escassos em Portugal, sendo que o SexLab é o primeiro do país a conduzir de forma regular estudos desta natureza, constituindo-se deste modo como um marco no desenvolvimento da investigação em Sexologia em Portugal."
Isto coloca o nosso país na vanguarda da sexualidade (ou pelo menos nos estudos sobre esta) o que é bom. É essencial percebermos o que andamos a fazer para conseguirmos tirar o melhor partido disso, seja qual for a área de interesse e aprender mais sobre o tema só pode fazer com sejamos melhores.

Assim sendo, bom trabalho senhores investigadores!

...e partilhem as descobertas que eu prometo estar atenta.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Feelings.........Lutadora

Distrai-me, envolta numa felicidade fútil que brotava do regozijo pelos prémios merecidos 
pelas batalhas ganhas e disputadas com ferver. 

Chegaste para me mostrar o quão ilusória é a gratificação da posse, 
e para me lembrar que o importante da vida não é o que temos,
mas o que vivemos e como vivemos.

Entraste sorrateiramente e consomes-me em silêncio, 
mas denuncias a tua presença pelo rasto de sangue que deixas à tua passagem.


Apesar do medo, enfrentar-te-ei da única maneira que sei ser: de cabeça erguida e peito aberto!

Não me assustas com a dor que me causas, sou mais forte que tu!

Podes esconder-te no mais profundo de mim e devorar-me as entranhas para satisfazer a tua gula. Aproveita, mas prepara-te, porque eu vou encontrar-te... e sou eu que te vou matar!

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Just Lights......Os sonhos


“Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe sua roupa de viver.”
Clarice Lispector


Eu trago os sonhos comigo debaixo da roupa.
Deixo-os espreitar pelo decote e construo-lhes o caminho para se viverem,
ainda que muitas vezes se tenham de manter escondidos debaixo da minha saia.

O melhor dos sonhos ....é quando eles se transformam em realidade!