segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Pleasures.......Toques do Porão

Embrenhámo-nos nos confins da terra, suterrados e deixando por cima de nós a noite onde os transeuntes passavam sem se aperceber na energia que fervilhava debaixo dos seus pés.

Começou devagar com o embalo dos corpos numa carícia suave...toques ao de leve a arrepiar a pele e a estimular a mente na antecipação do prazer.
Avançou devagar, sem saltar etapas, fez questão de dar tempo para se sentir cada passo em frente.
Gostava daquele poder de dominar os corpos à velocidade que a sua mente o fazia mover os dedos. Observava as reacções que provocava nos outros e usava o seu poder sem piedade.

O espaço preenchia-se aos poucos de corpos oriundos de diferentes lugares, com capas distintas e formas irregulares construindo uma salganhada cultural unida pelo objetivo comum de sentir....sentir o prazer dos toques a trespassar-lhes a pele, a penetrar-lhes os corpos e a fazê-los vibrar.

Cada vez mais ousado, sintonizava a mente na mesma frequência dos que o rodeavam...enchia-a na mesma medida para sentir como eles.
Os corpos abriam-se para o receber e ele entrava, com toques cada vez mais fortes, dentro de cada um. Percorria-os a serpentear como uma turbina e eu....observava à minha volta os corpos a despirem-se de si e a entregar-se ao prazer, a contorcer-se a cada investida.
Ouviam-se gemidos vindos e vários pontos misturados na nuvem de fumo e suor que inundava a sala...até se transformarem em urros e gritos nascidos da necessidade cada vez mais fulcral de deixar transbordar o prazer que se sentia.
Implacável, ele elevava os ritmos até ao expoente máximo da loucura e comandava os corpos que se moviam irracionalmente imunes ao cansaço, alimentados pelo prazer de sentir...criando uma teia de gozo que nos unia a todos e que desafiava os limites físicos...numa ânsia generalizada de sentir mais...de chegar mais longe, de nos sentirmos tocados para além do corpo, de explorar o inexplorado e mergulhar sem receios da onda de prazer comum.

Quando de repente o silêncio invadiu a cave e ele parou para dar lugar a outro....o meu sorriso de gozo desvaneceu-se. A energia transformou-se e a luz era diferente....
Continuei envolvida na multidão a deixar-me tocar apenas porque não queria parar...queria mais....quero sempre mais....mas ninguém me faz vibrar assim.

Do you let yourself be touched like this?

24 comentários:

  1. Onde é que eu já vi isto?
    Roda bota-fora...tá bem!

    Jinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho...que tu nunca viste isto António....mas é bom!

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
    2. Vi, vi...

      Jinhos, meu cruzeirinho.

      Eliminar
  2. Aquele toque... tu sabes ... Mais que sentido ;-)
    Beijo estrelinha brilhante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Aquele" toque Miss M, é isso mesmo....

      Beijo a brilhar para ti

      Eliminar
  3. touch and be touched like this.....that´s a dream ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sometimes...dreams come true Carlos :)

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  4. É o abismo dos sentidos. A explosão dos corpos que se querem e que se desejam.
    São pormenores que encaixam no caminho da perfeição do momento :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não são sempre os pormenores que fazem a diferença Imprópria?

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  5. Vibrar é sempre a opção, sejam quais forem as consequências.

    Beijo, Estrela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu concordo JM, mas é por isso que tenho a Alma cheia de cicatrizes....das consequências.

      Beijo *estrela*do JM

      Eliminar
  6. um desafio lá na minha "plataforma", teria todo o gosto que participasses. ( se moderares comentários não moderes este, isto é mesmo só para ti, se não moderares, pronto, é para todAS) :)

    Aperto em ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que já não vou a tempo do desafio Baby :(

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Starving for beating!!

      Welcome to Pleasures R

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  8. uauuu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. autch!!!!!!

      Sometimes strangers....can be Perfect.

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  9. Faz falta mocinha ..
    Beijo em Ti ..
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou de volta Karla :)

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  10. É o explorar dos sentidos no seu expoente máximo.
    É o (des)controlo em cada movimento do corpo impulsionado pelo simples prazer de ter prazer.
    É o patamar do perigo de se viciar em tamanho êxtase e, de lá, nunca mais querer sair...

    Beijo(te) Estrela(do)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso tudo Cat! Mas até os piores vícios, um dia têm um fim. É por isso que vivo os momentos com toda a Alma...enquanto eles duram.

      Beijo-te muito....com Estrelas a brilhar :)

      Eliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Respostas
    1. Bem vindo ao Pleasures Jorge!

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar