sexta-feira, 2 de maio de 2014

Pleasures.....Em andamento

- Estou aqui! Anda-me buscar!
E eu fui.
Era sempre assim, sem planos, sem avisos, sem premeditação...e era bom!
Parei com os quatro piscas ligados e ele entrou. Indiferentes aos olhares que se focavam em nós vindos da esquadra ao nosso lado, lambuzámo-nos e sugámos literalmente as línguas um do outro como só ele sabe fazer até um policia invejoso bater na janela do carro e nos mandar andar.
Meti a primeira e arrancámos pelas ruas iluminadas e cheias de gente.
Não conseguíamos parar! As mãos geladas deambulavam pelo meu corpo e engoliamo-nos em cada semáforo fechado.
Era sempre aquele desejo incontrolável...como se estivéssemos sedentos de sede e finalmente nos fosse dada água.
Eu também queria tocar-lhe....mas estava presa aos comandos do carro.
- Tu pões as mudanças! - disse-lhe.
Ganhei alguma liberdade de movimentos e partilhei a responsabilidade e a atenção.
- Primeira! Segunda!
A mão que se libertou da manete das mudanças agarrou firmemente o mastro erecto que se erguia ao meu lado e que saltava descaradamente das calças entreabertas.
O movimento das mãos fluía rápido tal como o movimento das rodas no alcatrão e sugávamo-nos a cada paragem imposta pelos muitos semáforos do caminho.
Desembaraçávamo-nos das roupas nos segundos que tínhamos livres da condução partilhada.

Estava frio lá fora...mas a temperatura dentro daquele carro era maior do que o pico do calor de um dia de Julho, tal como o nome que batizava a rua por onde passávamos e as roupas voavam em desalinho pelo carro expondo a minha nudez sob a iluminação forte das ruas.
O caminho tornou-se curto e chegámos ao destino completamente nus e desalinhados....loucos de desejo.
Cobri-me apenas o suficiente para passarmos despercebidos pela multidão que se acomulava à porta do local onde iríamos dançar e saltei-lhe para cima sem hesitar assim que estacionei e puxei o travão de mão do carro.
Fodemos violentamente no estacionamento movimentado durante muito tempo, com rabos e pernas a aparecem descaradamente pelo vidro do carro...cegos de tesão e completamente indiferentes aos comentários que alguns transeuntes não se coibiam de emitir.
Momentaneamente saciados saímos do carro rumo ao destino que nos trouxera até ali e...ao arrumador de carros que se dirigiu a nós com um sorriso travesso e a mão esticada, apenas respondi:
- Já tiveste o teu prémio em espectáculo hoje...
Ele sorriu afirmativamente, esticou o polegar e soltou um: - Divirtam-se!!!

Have you ever had pleasure on the road?

12 comentários:

  1. Não, infelizmente não :( Mas está na minha wishlist. Bem aproveitada essa viagem.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sometimes....wishes come true PM, tu sabes que sim ;-)

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  2. Been there, done that!
    So f*cking good!!

    Beijosssss princesa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. That's my girl!!!!

      Beijo *Estrela*dos* em ti :)

      Eliminar
  3. Vontades e desejos que não escolhem horas nem lugares nessa urgência de serem satisfeitas ... Tudo o resto em volta desvanece só a satisfação dos corpos importa.
    Beijo minha estrela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é tão bom quando é assim MissM....Não se escolhe...acontece, tipo presente da vida :)

      Beijooooo da *Estrela* a brilhar para ti

      Eliminar
  4. São as urgências que nos levam à loucura do momento. :)
    Um beijo em ti :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro quando a urgência me faz perder a razão Imprópria!
      Haja loucuras a enriquecer-nos a vida :)

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  5. Something like that!

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. So...something Good Ry :)

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar
  6. Adorei o conto... bah e a imagem é de tirar o fôlego!! AFA!! Visite-me...bjosssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não lhe posso chamar um conto...és nova por cá senão já saberias que aqui no Pleasures se fala sempre de coisas da vida, da minha vida. Mas fico contente por gostares e por deixares a tua pegada.

      Bem vinda Sensualidade à Flor da Poesia.

      Beijo *Estrela*do*

      Eliminar